Pesquisa personalizada

Jacytan Melo Produções_Atrações Exclusivas_2013/2014

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Ney Neto, multi-instrumentista brasileiro

Quem ama instrumental brasileiro deve estar ciente que a prática já registra 27 anos na história da nossa música.

Vez por outra recebo de amigos, pelo correio eletrônico, indicações de músicos, eventos, shows e uma infinidade de assuntos e matérias que trazem o instrumental como destaque. Recife, no último ano, nos surpreendeu e presenteou-nos com dois eventos que considero de peso: Os festivais de Jazz e Blues, quando penso que a coisa iria ficar só nisso, organizadores e amantes de Jazz realizam um festival em pleno Carnaval de 2008 na cidade de Garanhuns, interior de
Pernambuco.

Mas o assunto que me traz aqui não é só falar dos festivais e outros eventos, e sim de comentar um trabalho de um jovem de 27 anos, músico e arranjador, que se chama Joveneis Neto, ou mais conhecido como Ney Neto.

Nascido na cidade de São Paulo, Ney Neto inicia sua carreira artística no ano de 1994, como contrabaixista (instrumento que até hoje mantém familiaridade), em bandas de rock e blues.

TRAJETÓRIA

Ainda neste mesmo ano (1994), começa a tocar com a banda Motor Company, interpretando clássicos da MPB e do rock, com Rafael Silva, Lucas Arguello e Flávio Prietto (este último posteriormente seria substituído por Evandro Morais, por conta de sua transferência para a excelente James Band). Entre os anos de 1995 e 1998 Veio à grande chance pare Ney Neto apresentou-se em casas famosas do circuito paulistano, como Ma-hou, Acústico, Morrison Rock bar, Isla Mujeres, Charles Edward, Birra Parromeni, entre outras.

Ainda no ano de 1998 aprofundou seus estudos sobre harmonia com a violonista Josy Zita, e começou a participar de projetos com repertórios voltados a MPB tradicional, tropicalismo e bossa nova. Com Josy, gravou em 1999 o CD Amores, produzido pelo contrabaixista Geraldo Vieira. Durante as gravações do disco, através de Vieira, teve seu primeiro contato com o jazz.

Iniciou então seus estudos musicais no jazz, quando passou a integrar a banda Cyber Coffe Jazz Band, com releituras instrumentais de standards do jazz e MPB. Foi também baixista da banda SOWA JAZZ, com Marco Ruivo na bateria, Helio Santos na guitarra e Andre Matanolla no teclado.

Paralelamente, ingressou na banda de baile Nova Geração e até 2001 atuou no mercado de bailes e formaturas, tendo passagens por bandas como Dimensão 5, Santa Maria e Kremlin e participação no Projeto Jovem Guarda 30 anos, como side man contratado pelo selo Paradoxx Music. Acompanhou artistas como Wanderléa, The Fevers, Os Vips, Os Incríveis, Bobby Carlo e Golden Boys.

Em 2002 Ney sente a vontade de passar seus conhecimentos a outros, passou a lecionarcontrabaixo na escola de música Ad Libtum, do clarinetista Walter Egéa e aperfeiçoar-se na técnica do contrabaixo fretless. O ano de 2004 ficou marcado na vida do músico pelo estilo flamenco. Ney Neto foi pesquisar esse estilo musical e em meio a essa pesquisa teve a oportunidade de estudar com o violonista Ricardo Giufrida. Essa influência da música espanhola fez
com que pudesse empregar técnicas diferenciadas no contrabaixo, além de permitir uma sonoridade peculiar em improvisações devido ao emprego de diferentes escalas oriundas da música mourisca.

Recentemente, em 2007, Ney passou a dedicar-se ao baixo acústico e estudar com Gilberto de Syllos, no Conservatório Souza Lima. Atualmente, além do estudo do "gigante", aperfeiçoa suas técnicas ao contrabaixo elétrico com o baixista Nilton Wood, no IB&T e faz parte do Quarteto Jazzy, que apresenta versões instrumentais para standards do jazz e bossa-nova.

INFLUÊNCIAS:

No contrabaixo: Jaco Pastorius, Nico Assumpção, Luizão Maia (nessa ordem). Arthur Maia, John Pattitucci, Stanley Clarke, Ron Carter, John Clayton, Charles Mingus, Al di Meola, Armik, Tatiana Maciel, Camarón de la Isla.

SET Atual:

- Contrabaixo Music Man Stong Ray 5
- Contrabaixo Fretless Fender Jazz bass
- Contrabaixo Fender Jazz bass 4 cordas 1986
- Amplificação Hartke Systems
- Pedais: oitavador, compressor/sustainer, A/B Selector, Digital Reverb.

Para ouvir Ney Neto:

Palco MP3 - Terra
http://palcomp3.com.br/neyneto

Página no MySpace
www.myspace.com/neynetobass

Entrevista para o blog Terremoto Blues
http://terremotoblues.blogspot.com/search/label/Cozinha%20do%20Blues


Vídeos

Baião de Lacan com o mestre Nailor Proveta
http://br.youtube.com/watch?v=wHLTAS2ETws

Vídeo sobre improvisação
http://br.youtube.com/watch?v=ErZC7cRxcbo

Quarteto jAZzY no Programa Todo Seu
Parte1 : http://www.youtube.com/watch?v=twNr2docb7g
Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=QanwBT9r2bQ

Ao vivo com a banda LINGUAGEM INSTRUMENTAL - no SESC Vila Mariana:

A night in Tunisia - Dizzy Gillespie
http://www.youtube.com/watch?v=BVS3fu1sLHc&eurl=

Bananeira - João Donato/Gilberto Gil
http://www.youtube.com/watch?v=f8U8QGTPqt0


Aguarde o lançamento do FATOS Da Música Pernambucana, um jornal onde se valoriza o músico e a música pernambucana.