Pesquisa personalizada

Jacytan Melo Produções_Atrações Exclusivas_2013/2014

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Grupo Fato: sonoridade e estilo bem peculiares

Não conheço o fandango Paranaense, mas passei a gostar depois que ouvi um grupo Fato, que utiliza os elementos desse ritmo em suas músicas puramente brasileira. Há tempo que penso em criar um selo: Música Brasileira de Qualidade –MBQ, para carimbar todas essas pérolas existentes nos quatro cantos desse belo Brasil. A idéia inusitada do grupo em utilizar o tamanco em sua percussão me encantou bastante.

Mas afinal de contas quem é o Fato de fato. Pelo que andei lendo sobre eles, é um grupo de Curitiba, formado em 1994, que faz música brasileira de qualidade, diga-se de passagem, e utiliza elementos do Fandango paranense em suas músicas. O resultado não poderia ter sido melhor: é uma sonoridade diferente, gostosa e ao mesmo tempo, universal. Nas composições do grupo se encontra uma pequena amostra do trabalho do Fato.

Para amar o que o FATO produz, tem que escutar a maneira como interpreta diversos poetas e compositores da terra. Cada membro da banda tem um fundo musical bastante distinto. Trabalhando principalmente com o já rico panorama da Música Brasileira, fato incomum faz combinações de vários estilos e ritmos (Fandango, Baião, capoeira, maracatu, flamenco, samba, choro, etc.) O grupo aposta na qualidade das letras que escolhe e procura valorizar a palavra na música, temperando os arranjos que combina aos sons inusitados a inumeráveis estilos e ritmos (que vão do regional ao internacional). Além disso, desde a sua estréia nos palcos em 1994, o grupo preocupa-se com o acabamento de seus shows, que sempre contaram com direção, iluminação, cenário e figurinos.

A pesquisa e a experimentação coletivas trouxeram ao grupo Fato a consolidação de uma sonoridade e de um estilo bem peculiares, reconhecidos por críticos especializados no Brasil e no exterior. Nas palavras de Rodolfo Stroeter, o Fato mescla de forma inaudita a tradição (do Fandango do Paraná, por exemplo) com o inusitado, percorrendo uma trajetória que, a partir da visão do Sul brasileiro, abrange o Brasil moreno, urbano, rural, nordestino e muitas vezes sideral.

Por volta de 1995, o grupo teve a oportunidade de gravar seu primeiro cd Fato, produzido pelo talentoso músico, compositor e produtor carioca Antonio Saraiva. O lançamento teve grande repercussão de público e de crítica e contribuiu decisivamente para a continuidade do Projeto Fato .

O segundo álbum, Fogo Mordido, foi lançado em 1997, teve a produção musical de Paulo Brandão, músico e produtor do grupo Aquarela Carioca. Entre 1997 e 1998 o Grupo fez uma turnê viajando pelo Paraná e Brasil divulgando seu trabalho e, em 1999, o cd Fogo Mordido foi lançado também na Europa pela produtora italiana Berimbau Produzione Artistiche S.N.C.

No ano 2000 o FATO lançou seu terceiro cd, Oquelata Quelateje , com produção musical de Rodolfo Stroeter, um dos grandes profissionais brasileiros da área, que já produziu discos de Gilberto Gil, Arnaldo Antunes e Mônica Salmaso. Para o lançamento do cd, o Fato apresentou o show Oquelata Quelateje, com grande sucesso de público e de crítica na capital paranaense. O destaque: a percussão feita com os pés (tamancos de madeira do fandango paranaense) aliada percussão de instrumentos, além do cenário confeccionado por artesãos paranaenses e o figurino que, como a música do Fato, foi composto com elementos regionais brasileiros e mundiais.

Muitas apresentações se sucedem pelo segundo semestre de 2000 no Rio de Janeiro e em São Paulo, com destaque para o projeto Balaio Brasil - SESC, que reuniu artistas de todo o país na capital paulista. Ainda, em novembro, houve a segunda temporada do show Oquelata Quelateje em Curitiba, no Teatro Guaíra (Guairinha), novamente com muito sucesso de público.

Ainda em 2000 o grupo foi assunto de matéria especial no programa Metrópolis da TV Cultura (SP). Em 2001, o FATO foi destaque no programa Alto Falante, da Rede Minas, também veiculado pela TV Cultura em Rede Nacional, com o videoclipe Valadares e imagens do show Oquelaté Quelateje ; a rádio americana KZUM 89.3 FM em Lincoln, Nebraska/USA realizou um programa especial dedicado ao grupo. Em 2002, o FATO se apresentou no II Fórum Social Mundial (Porto Alegre) para mais de 2000 pessoas; teve suas imagens divulgadas para 16 milhões de lares nos Estados Unidos através da Rede WorldLink TV ; a convite da Prefeitura de São Paulo, fez duas apresentações no projeto Circuito Cultural; gravou participação no programa Expresso Brasil , veiculado pela TV Cultura (SP), em mais um destaque nacional.

O quarto CD do Grupo, Oquelata Vivo , gravado em apresentações do show Oquelata Quelateje em Curitiba (2000) e em São Paulo (2002), lançado em agosto de 2002, reforça a maturidade artística do grupo.

Em maio de 2003, o FATO estreou seu novo show, Atamancados , com arranjos que utilizam alguns instrumentos inventados pelo próprio Grupo, em apresentações em teatros de Curitiba e São Paulo além de 20 escolas públicas de Curitiba. Também em 2003 o FATO dá início a produçã o de um documentário comemorativo de seus 10 anos de trabalho, lançado em agosto de 2004. No primeiro semestre de 2005, o Grupo realizou projeto com a Orquestra Sinfônica do Paraná, com músicas, arranjos e orquestrações assinadas por seus próprios integrantes, além de dar início as gravações de seu quinto CD. Em agosto do mesmo ano, seguiram-se apresentações no Carreau du Temple, em Paris, França, nas comemorações do Ano do Brasil na França, com grande repercussão de público e de crítica.

Em 2006, o Fato lança o cd, MUSICA PRAGEADA, com um novo espetáculo que misturou as influências eletrônicas em áudio e vídeo com a pesquisa de ritmos tradicionais brasileiros e mundiais.

Integrantes

  • Ze Loureiro Neto - Baterista
  • Ulisses Galetto - Baixista
  • Grace Torres - Tecladista
  • Priscila Graciano - Percussão e voz
  • Felipe Hickmann - Teclados e Voz
  • Daniel Fagundes - Guitarra, Violões e Voz


Para entrar em contato com o grupo:

Ulisses Galetto: (41) 3363-0477 - 9953-3445
________________________________

2011 - O ANO DA MÚSICA
Jacytan Melo Produções
(81) 8645-1475
(81) 9968-4098
jacytan.melo@gmail.com
twitter.com/jacytan