Pesquisa personalizada

Jacytan Melo Produções_Atrações Exclusivas_2013/2014

domingo, 31 de janeiro de 2010

FIQUE SABENDO

PROGRAME SUA FESTA!!!

DEIXE OS MÚSICOS POR NOSSA CONTA.

BANDA BALANÇO SOCIAL

A banda traz em seu repertório músicas que ficaram na memória das gerações das décadas de 60, 70 e 80 (Pop Rock, Mpb e Samba)

Solicite orçamento sem compromisso

Entre em contato com a produtora Jacytan Melo Produções e Promoções Artísticas

Fones: (81) 8645-1475 - 9495-1820 - 9968-4098
E-mail: jacytanmelo@aol.com

MSN: jacytanmelo50@hotmail.com

Twitter: www.twitter.com/jacytan
________________________________________________________

Seja nosso representante

Seja um dos nossos representantes na região do grande Recife, nas cidades do interior de Pernambuco e nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, indicando a banda Balanço Social para festas e eventos, você ganhará uma boa comissão por esse trabalho. Acesse o site da produtora: www.jacytanmeloproducoesartisticas.webnode.com Fones: (81) 8645-1475 - 9495-1820 - 9968-4098. E-mail: jacytan.melo@gmail.com, MSN: jacytanmelo50@hotmail.com
_________________________________________________________

Entenda como funciona Lei do Psiu


O Programa de Silêncio Urbano (Psiu) age no combate à poluição sonora nas capitais e tenta manter a boa convivência de estabelecimentos como bares, boates, restaurantes, salões de festas, indústrias e templos religiosos com a vizinhança. O programa fiscaliza apenas esses tipos de locais, com base em duas leis: a da 1 hora e a do ruído.

A Lei da 1 hora determina que, após esse horário, bares, boates e restaurantes devem ter isolamento acústico para poderem funcionar, além de estacionamento e segurança. Já a Lei do Ruído controla o nível de decibéis emitidos pelos estabelecimentos, em qualquer hora do dia ou da noite.

O nível de decibéis tolerável é definido de acordo com cada região da cidade. Nas zonas residenciais, o limite é de 50 decibéis, entre 7 e 22 horas e de 45 decibéis, das 22 às 7 horas. Em regiões consideradas mistas, no primeiro período o limite de decibéis é de 55 a 65 - dependendo da região - e no segundo horário, de 45 a 55 decibéis. Nas regiões industriais, das 7 às 22 horas, o limite aceitável fica entre 65 e 70 decibéis, e cai para 55 a 60 entre as 22 e 7 horas.

Fiscalização

Após a primeira denúncia, que pode ser feita por qualquer pessoa, o responsável pelo estabelecimento é comunicado e orientado a solucionar o possível problema que vem causando. Caso o problema persista, a fiscalização vai até o local para fazer uma vistoria.

As vistorias não podem ser feitas assim que o cidadão faz as denúncias, pois elas são montadas com antecedência, para caso haja necessidade da participação de outros órgãos, como as polícias Militar e Civil, Guarda Civil Metropolitana, Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru), Vigilância Sanitária e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Além disso, a programação é montada de acordo com um calendário, para que em um único dia sejam feitas várias visitas em uma mesma região.

Fato muito comum é uma medição apontar que o estabelecimento vistoriado está com o ruído abaixo do permitido, mas o denunciante continuar reclamando do barulho. Isso acontece por dois motivos distintos.

O primeiro é chamado de 'ruído de fundo', que é o som dos carros nas ruas e de pedestres conversando que pode ser mais alto do que o emitido pelo estabelecimento vistoriado. Quando isso acontece, pode ser necessário fazer uma nova vistoria, em outro dia.

Um segundo caso é o som do estabelecimento que pode estar vazando por alguma porta ou janela lateral ou de fundo. Para resolver problemas deste tipo, o Psiu entra em contato com a pessoa que fez a denúncia e pede autorização para realizar a medição a partir da sua casa.

Multas

O estabelecimento que descumpre a Lei da 1 hora está sujeito à multa de cerca de R$ 26 mil, segundo a Prefeitura. Em caso de reincidência, o local é interditado. Já para a desobediência à Lei do Ruído, a primeira multa pode variar de R$ 4 mil a R$ 17 mil. Caso o local não tenha licença de funcionamento, a multa aumenta para R$ 25 mil. Se as reclamações continuarem e o órgão constatar que as irregularidades persistem, a segunda multa é de R$ 32 mil. Após 60 dias, o estabelecimento pode ser interditado.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,entenda-como-funciona-o-psiu-da-prefeitura-de-sao-paulo,169722,0.htm
_______________________________________________________

Cuidado com o Contrato

Com certeza, o contrato é a etapa mais importante quando se contrata um serviço de música. É ele quem determinará todos os acordos possíveis entre o contratante e o contratado. Por isso, é imprescindível que o contratante leia com bastante cuidado todas as cláusulas do contrato, antes de fechar com alguma banda ou orquestra. Peça para que seja tudo especificado em todos os detalhes que foi acertado verbalmente. Não deixe levar-se pela empolgação.